17 de novembro de 2011

Casamento Civil | Fernanda e Diogo

Esse post já devia ter saído faz tempo, mas confesso que estou curtindo colocar as fotos do casamento um tempo depois, porque assim eu mato as saudades e fico relembrando de cada pedacinho desse momento tão bonito da vida da gente! 

O nosso casamento civil aconteceu no dia 22 de junho, três dias antes do casamento religioso e da nossa festa, e justamente por isso, decidimos fazer algo pequeno, em família, porque queríamos uma coisinha bem íntima, e confesso que eu não tinha cabeça nem energia para pensar em nada muito maior do que foi feito, pois estava totalmente envolvida com os preparativos do grande dia. Queríamos algo simples, bonito e descomplicado, e adorei tudo que fizemos!!!

Decidimos casar no cartório, pela facilidade e por ser mais rápido mesmo. Foi tão bonito, gente! A família estava em peso lá e lotamos a mini-salinha em que os casamentos são celebrados. Eu achava que seria uma coisa assim dois minutinhos, mas eis que a juíza de paz nos surpreendeu com palavras lindas, falando sobre casamento, união, compartilhar uma vida... Foi uma choradeira só!!! Depois fizemos a troca das alianças e teve o beijo!!! Todo mundo aplaudindo, até o povo que estava no cartório entrou na onda. Quando saímos da sala, todo mundo dando parabéns, algumas pessoas observando bem curiosas e algumas bem emocionadas. Não adianta, casamento mexe com todo mundo, né? Quem nos acompanhou durante todo o nosso dia foi a querida Vicky Rodrigues, que foi ao cartório e tudo, gente! Eu achava que ela ia só na nossa festinha, mas ela estava lá no cartório também!!! Uma amada!!! A família inteira ama ela!!!




Depois do cartório, fomos direto para o salão de festas do prédio do meu irmão. O cardápio era descomplicado e lá já tinha quase tudo... pratos, talheres, taças... Só precisei alugar umas toalhas bonitas e os guardanapos de pano, para dar uma embelezada nas mesas. Eu queria que fosse simples, mas não podia ser de qualquer jeito!!! Escolhi tudo para que eu tivesse o menor trabalho possível, mas era uma data especial e receberíamos as pessoas mais especiais da nossa vida, e eles merecem cuidado em todos os detalhes!!! A minha dica é uma toalha bonita e investir em guardanapos de pano, pois são coisinhas simples e o aluguel é baratinho, e dá outro toque à mesa!!! Mesmo que você esteja comemorando na sua casa, em pouquíssimas pessoas!!! Acho que se a gente convida as pessoas com quem tem mais intimidade, é porque elas merecem o melhor!!!

Falando em convidados, nossa lista foi super curtinha. Como toda energia - e dinheiro - tinha sido colocada na festa que aconteceria três dias depois, participaram conosco apenas nossos pais e irmãos, com seus respectivos e seus pimpolhos! Aí vai um conselho para quem teme sempre que começa a pensar na listinha de convidados: siga seu coração e não fique pensando em Deus e o mundo! Não digo isso para deixar ninguém de fora, mas é porque a gente sempre acha que tem que agradar todo mundo... convide os familiares mais próximos, amigos mais íntimos e deu!! A não ser que você possa fazer uma festinha maior, é claro... mas se seu caso é parecido com o meu, fique com a família e deixe para curtir com todo mundo no grande dia!!! 



Para as comidinhas, encomendei alguns pães bem gostosos em um supermercado aqui de Floripa (o Hippo, meninas) que tem uma padaria maravilhosa com pães diferentes e perfeitos para um coquetel, e encomendei ali mesmo algumas pastinhas para acompanhar os pãezinhos. Comprei uns amendoinzinhos também, porque eu adoro uma coisinha meio boteco! Para o jantar encomendei três pratos de massa no Magazini di Massa, que faz uma comida italiana perfeita, e é só colocar para assar. Mais fácil impossível! E como eu sou uma pessoa que ama bolos decorados, encomendei um bolo bem casamento para a sobremesa, e foi uma delícia!



Só não pode faltar espumante, nem que seja só para um brinde com o marido!!! E como era bem invernão, também abrimos umas garrafas de vinho e uma de whisky, para a homarada que adora! 



Confesso que um dos meus dilemas para esse dia era o que usar, afinal, é uma data importante! Bati perna pela cidade inteira, por todos os shoppings e não achava nada decente na cor branca! Tudo muito curto, muito justo, muito piriguete - e meu pai ia me matar se eu quisesse entrar num cartório desse jeito! Eis que achei esse branquinho meio perolado na Renner (gente, eu sou a mestre do garimpo!!!!) e foi perfeito! Era exatamente o que eu queria, e ficou ótimo no corpitcho e no orçamento!!! Nada como encontrar algo baratets às vésperas do casamento, né?


Resumo da ópera: casar é muito gostoso!!! É o momento mais especial da vida da gente, é escolher quem vai ficar do nosso lado pra sempre e celebrar essa união perto de muita gente amada e querida. Meu maior conselho para você é curtir cada momento, porque depois a gente se enche de saudades!!! Faça tudo com carinho, do seu jeitinho, pois é tudo muito gostoso!!! E aproveite muito, tome muito espumante, bata muitas fotos e beije muito o seu maridão!!!!!




Todas as fotos são da Vicky Rodrigues, nossa super parceira aqui do blog!!!

3 comentários:

Espaço Vitta disse...

Oi, Fê!!!
Parabéns pelo seu casamento...cada detalhe tinha muito de você. Cada vez que leio seus posts sobre seu casamento tenho mais vontade de casar nem que seja só no civil, mas para cuidar de todos os detalhes com tanto carinho quanto vc cuidou do seu...

Obrigada pelas dicas!!!
Bjuuxx

blog da vicky disse...

Fê,
foi um prazer fotografar o civil que foi tão intímo, tão só de vocês e suas famílias.
Foi realmente emocionante a Juiza, mas o que me encantou foram seus olhares um para o outro.
Saiam coraçõezinhos das pupilas.rsrsss
Tudo estava lindo na recepção.
Parabéns mais uma vez e que esse amor dure eternamente.
Um beijo

Nicole disse...

Fe, teu vestido simplesmente arrasou!!! Fiquei de olho nele em todas as fotos e se foi barato, então, que maravilha!!! Lindo lindo lindo! BBB!